Notícias
Atualizado em:

Empoderamento feminino e divórcio

Compartilhar nas Redes Sociais


Até que a morte os separe. A frase marcante em cerimônias de casamentos comumente se torna justificativa para manter relacionamentos abusivos em lares conjugais nos quais a Lei Maria da Penha não chega.  Por isso é importante entender a relação entre empoderamento feminino e divórcio.

EMPODERAMENTO FEMININO

EMPODERAMENTO FEMININO E DIVÓRCIO

E por que não chega?

A pressão social e religiosa, interna e externa, por um casamento duradouro pode esconder um ambiente conjugal de submissão, agressões, anulação de personalidade e infelicidade.

“Se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos divórcio, agressões, estupros”. A hipocrisia da sociedade insiste diariamente em criar uma realidade que não existe; uma realidade em que se as mulheres soubessem como tratar seus companheiros os casamentos seriam para sempre.

É preciso que haja a consciência de que é possível, sim, extinguir o vínculo conjugal sem a permissão de qualquer outra pessoa, sequer do marido. É um direito que não admite contestação.

Além disso, é preciso, sim, denunciar. É preciso empoderar-se; lidar com as armas legais às quais temos direito.

 

Vivemos numa sociedade em que apesar da previsão constitucional de igualdade entre homens e mulheres, sabemos que esse equilíbrio não acontece na vida real. A igualdade formal não garante a igualdade material.

Nesse sentido, diariamente mulheres são assassinadas, estupradas, humilhadas, ameaçadas, espancadas e torturadas pelos seus cônjuges e companheiros.

Novamente o termo “até que a morte os separe”. O medo existe. Mas não. Não é preciso esperar a morte. Precisamos de uma sociedade em que haja a conscientização por parte da mulher de sua importância dentro e fora do lar. Mulheres, temos que ir além de nós mesmas!, acreditarmos em nosso potencial, pois assim transmitiremos segurança para que as outras também acreditem.

 


+ LEIA TAMBÉM:


Se você possui interesse em falar diretamente com um especialista, CLIQUE AQUI.

ACESSE AQUI O E-BOOK SOBRE GUARDA COMPARTILHADA!

VOLTAR

Horário de funcionamento: Segunda a sexta-feira, das 08:00h às 12:00h - 14:00h às 18:00h